Cromatografia em camada delgada

Processo cromatográfico onde a fase estacionária está aderida a uma placa de vidro ou um suporte de alumínio e a resolução dos componentes de uma  amostra ocorrem pelo equilíbrio do processo de adsorção à fase estacionária versus a força de eluição da fase móvel líquida.

Devido à sua versatilidade é a técnica de escolha para análises preliminares e diagnóstico para a maioria das etapas de marchas químicas tanto para química de produtos naturais quanto para síntese orgânica.

 

 

 

 

Outras Tecnologias: